O PODER DOS ALIMENTOS SAUDÁVEIS E SEUS BENEFÍCIOS NA JORNADA DA MUDANÇA DE VIDA [ENTREVISTA COM PHD EM NUTRIÇÃO]

Olá pessoal, aqui é Daniel Bizon, do Blog Minha Vez de Vencer.

E hoje eu estou aqui, num momento muito bacana!

Aqui ao meu lado, ele, que é pós doutor em nutrição pela Universidade Cornell, em Nova Iorque.

É orientador de vários profissionais da área de nutrição do Brasil em cursos, workshops.

É presença marcante nos eventos do esporte e do fisiculturismo, e de alimentação e desenvolvimento nutricional, Dr. Luciano Bruno, aqui ao vivo!

Muito prazer em receber você para esse bate papo aqui, muito obrigado mais uma vez aí pela sua colaboração.

O prazer é todo meu.

Poxa, legal demais!

E eu quero começar aqui, te perguntando, a gente quer saber sua visão.

Qual é Luciano a diferença entre comer e alimentar-se?

Como é que você define isso?

Ótima pergunta!

Não, comer é fácil, se alimentar é fácil, comer também é fácil, mas pode ser mais fácil ainda; comer eu posso ir ali na esquina agora comprar uma coxinha e tomar um refrigerante, comi.

Mas não necessariamente me alimentei.

Então, se alimentar envolve uma escolha pensada, nos fatores, pensada pra você, nas suas características físicas, nas suas escolhas, do que você gosta, do que você não gosta, o que vai fazer bem pra você.

E a gente sabe o que faz mal, a gente sabe o que faz bem; a gente só as vezes é negligente.

Então, no momento que eu estou falando aqui, a gente deve imaginar tal coisa me faz bem, ah tenho dor epigástrica, tenho queimação quando eu como tal coisa ou não me sinto tão bem, a gente sabe muita coisa quando faz mal.

A gente precisa encontrar o que faz bem e na realidade, se alimentar.

Se alimentar é quando você pensa naquilo quando, você está comendo e não só pelo simples ato de matar a fome.

Matar a fome é muito fácil, faço qualquer coisa ali na esquina agora.

Quando você, digamos, você começa a escolher, a ter o poder de escolha do que você usa pra se alimentar.

Isso, isso.

Legal!

Eu achei bacana, você colocou, um dos posts do seu Instagram, a imagem de um posto de gasolina todo enferrujado, todo quebrado!

E aí o Luciano pergunta lá…

A imagem, vou colocar o link da imagem, do post no Instagram, você vai ver aqui abaixo ok? Ou na descrição desse vídeo, mas ele pergunta:

“Você abasteceria nesse posto”?

E isso, que relação tem com a alimentação da gente?

É, interessante né, porque isso é prioridade!

Às vezes você passa, bota teu carrinho lindo lá, maravilhoso, que você comprou, dividiu em cinquenta mil vezes, aí comprou o carro e ninguém vai lá e coloca, eu vou comprar gasolina no meu carro de jeito nenhum, mas para na esquina, para na conveniência do posto e vai lá e compra coxinha.

Aí as prioridades estão trocadas né, estão trocados né, com o carro você se preocupa e com a máquina aqui né, ninguém se preocupa.

Fígado é um só, rim é um só!

E as vezes as pessoas não se preocupam no que estão “mandando para dentro”, o que está comendo, então, dão prioridade ao que não é prioridade.

É uma questão de prioridade né?

É, alimentação é uma questão de prioridade, tô aprendendo com você né?

Já tô, já tô sentindo os efeitos positivos aqui, dos milagres né, e vou falar, vou deixar pra falar desses milagres em outras postagens, vão ver os links ai no Instagram, dos conteúdos do Dr. Luciano, mas aguardem que vocês vão ver muitas coisas interessantes, que podem transformar não só a saúde, mas outros fatores da vida, a mente, acaba com a ansiedade e te ajudar a se equilibrar.

Agora, para a gente terminar aqui o nosso bate papo rápido, eu queria que você falasse assim…

Que dica você daria Luciano, para as pessoas que estão se sentindo incomodadas em estarem né, com uma alimentação desequilibrada, estarem comendo e não se alimentando.

Que dica você daria para as pessoas que querem melhorar a qualidade, pensando também no pilar da alimentação?

Começar!

Começar.

Começar pelo começo.

Começar, e não é sair daqui e comprar o primeiro suplemento.

É comer, comida de verdade.

Começar de verdade, é já buscar uma forma de fazer uma atividade física, que seja viável, é tentar.

Tentar não, começar buscando alimentos mais saudáveis no quesito índice glicêmico por exemplo, comer alimentos que tem índice glicêmico menor, ao invés de comer arroz branco comer arroz integral, excluir algumas coisas da vida como açúcar, refrigerante, ninguém precisa disso.

A gente se condiciona a isso, mas ninguém precisa disso.

Ah, tentar consumir um pouquinho mais de chá, enquanto estou aqui na nossa conversa com o Daniel a gente está tomando nosso chá de gengibre aqui.

Maravilhoso!

Muito bom!

Então tentar incluir mais chás na nossa alimentação.

Nós brasileiros as vezes não temos tanto costume de tomar chá como se deveria.

Eu acho que isso já é um começo, tá?

Escolher boas fontes proteicas, tentar começar o dia comendo um ovo, alguma coisa do tipo, já vai fazer toda a mudança. Não comer tanto pão, igual se vê por ai, que a gente também não precisa disso.

Tá bom?

Legal, muito bacana.

E, olha, mais uma vez é um prazer, ter a sua colaboração aqui no blog Minha Vez de Vencer e em breve pessoal, fiquem ligados que vocês vão ter outras dicas do Dr. Luciano.

Um grande abraço e muito obrigado a você que está ligado aqui nos nossos conteúdos.

Até mais.

Valeu.

Tchau, tchau, até a próxima!

Tchau, tchau!

Dúvidas? Pergunte! Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *