COMO SER UMA PESSOA MELHOR A CADA DIA PARA ALCANÇAR SEUS REAIS OBJETIVOS DE VIDA [INCLUI PLANILHA DE OBJETIVOS E METAS]

Como ser uma pessoa melhor é quase que uma questão universal.

Só não afirmo que é universal porque é uma generalização perigosa.

Metamorfose da lagarta ensina como ser uma pessoa melhor

Se você quer mudar de vida e alcançar seus reais objetivos é bastante provável que esteja interessado (a) em saber como ser uma pessoa melhor a cada dia, em todos os aspectos.

Toda mudança que acontece aos poucos, se torna mais tranquila de executar e até mesmo mais consistente.

Esse artigo faz parte da chave da mente aqui do Método das 5 Chaves e vai lhe ajudar a organizar seu pensamento para avançar um passo de cada vez no processo de desenvolvimento pessoal.

É um dos textos de mudança de vida que eu queria muito escrever para quem visita o blog e está longe de ser apenas dicas de motivação (continue lendo e veja com seus próprios olhos).

É raro encontrar alguém que nunca se sentiu um pouco desorientado (a) algum dia ou ficou em dúvida por onde começar uma mudança de vida.

Se esse é o seu caso, você não está sozinho (a).

Por mais que a humanidade pareça estar decepcionando a si mesma ultimamente, ainda há muita gente que acredita na evolução contínua e se esforça para melhorar sempre.

A referência de “pessoa melhor” que adoto aqui é ser hoje melhor do que você foi ontem, tanto do seu próprio ponto de vista, quanto daqueles que convivem com você (com os amigos, com os familiares, no ambiente de trabalho, na escola, no relacionamento com os outros, espiritualmente, no mundo, para o mundo).

Isso vale para as 5 principais áreas do desenvolvimento humano no Método das 5 Chaves: seu dinheiro, seu tempo, sua missão, sua saúde e sua mente.

PENSAMENTOS IMPORTANTES PARA EVOLUIR A CADA DIA EM TUDO

Horizonte faz imaginar como ser uma pessoa melhor

Se você realmente quiser é possível “crescer” todos os dias, de forma orientada e calma, tendo ciência do que fazer e de como fazer.

Ser uma pessoa melhor, mais feliz e paciente é uma questão de interesse, desejo, persistência e foco.

Além disso, acredito que é preciso ter um método, um caminho, um plano definido.

Se você souber exatamente como direcionar o seu esforço, o processo de mudança se torna mais concreto e até mesmo mensurável.

No entanto, certos fatores humanos são bastante subjetivos.

Nossas percepções da realidade são um bom exemplo.

A forma como duas pessoas diferentes lidam com um mesmo problema é outro exemplo.

Mas ao contrário do que muitos acreditam é possível mudar muita coisa na nossa vida, definindo critérios objetivos e até mesmo tornando alguns critérios subjetivos um pouco mais objetivos.

Já ouvi muita gente dizendo “que isso não é bem assim, que o ser humano é complexo demais para entender, que cada caso é um caso” e outras afirmações que em parte fazem sentido, mas acabam sendo usadas como desculpas de quem não quer enxergar o mundo das possibilidades.

Isso não pode continuar assim, já que estamos no século XXI e o que não falta é informação, conhecimento e método.

Apesar do privilégio da humanidade de poder planejar seu próprio desenvolvimento, somente alguns realmente agem para alcançar o que de fato desejam.

Este artigo é principalmente para você que se sente incomodado (a) com seu estado de vida atual, deseja mudança e acredita na evolução.

Antes de seguir com a leitura veja abaixo o resumo que sintetiza o conteúdo que você irá aprender a seguir:

RESUMO DO ARTIGO COMO SER UMA PESSOA MELHOR

Resumo artigo como ser uma pessoa melhor

Você também pode baixar para o seu celular ou computador clicando no botão abaixo:

 

Agora vamos ao que interessa.

PORQUE POUCOS PENSAM EM COMO SER UMA PESSOA MELHOR E COMO AGIR NA PRÁTICA

Poucos pensam em como ser uma pessoa melhor

Se você for observador (a) perceberá que da grande maioria, pouca gente se esforça para alcançar seus objetivos.

Basicamente há três grandes causas para isso:

1 – Há muita reclamação, mas pouca ação.

2 – Encarar desafios sendo consistente é fácil de falar e difícil de fazer

3 – O sistema impõe crenças e ao mesmo tempo obstáculos que “desgovernam” a vida das pessoas

Com isso, as consequências costumam ser muito parecidas para o cidadão comum, que aprende as mesmas coisas, da mesma forma, no mesmo modelo de educação e pensamento, impostos desde a infância.

É o que podemos chamar de matrix, uma “pseudo-realidade” que é baseada em convenções, padronização, normas e burocracias, grandes obstáculos invisíveis que só te “puxam para trás”.

Esse termo nasceu do famoso filme de mesmo nome “Matrix”.

Encontrei um vídeo muito interessante do Flávio Siqueira, que é uma explicação bem clara e legal dessa matrix, que influencia a forma como somos induzidos a pensar e agir em tudo na vida.

É um dos melhores vídeos de internet sobre o assunto:

As consequências dessa matrix costumam seguir um padrão.

Alguns pontos relevantes desse padrão são:

  • Muitas pessoas se sentem desorientadas sobre sua própria evolução
  • Sem saber por onde começar, tudo fica na mesma, “para a semana que vem”
  • Faltam objetivos de vida e metas definidos, escritos, claros
  • Há muita informação disponível em livros, blogs, cursos, palestras, portais educativos, escolas, mas poucos transformam estas informações em ação prática
  • Em clima de escassez e desmotivação, muitos acabam não acionando a lei da reciprocidade em seus círculos sociais e profissionais (doar – receber – doar – receber…)
  • Seguindo o senso comum e a influência do pensamento coletivo ou “efeito manada”, seres humanos projetam sua felicidade apenas em fatores externos, como compras e excessos desnecessários que nada agregam
  • Crises existenciais e de identidade são cada vez mais comuns pela falta de referência que vem assombrando a vida de muita gente, mesmo daqueles que têm um alto grau de instrução

Um outro fato bastante limitante à mudança de vida é que muita gente funciona por imitação.

Repare como as modas “pegam”, ainda que sejam absolutamente inúteis ou até mesmo destrutivas.

Quando muitos começam a fazer algo, a tendência é que muitos outros copiem ou aceitem como sendo “o certo”, o normal, “o bacana”.

Fracasso e queda é o contrário de como ser uma pessoa melhor

Isso acontece por causa de um gatilho mental que todos temos chamado aprovação social.

Esse gatilho mental foi citado por Robert Cialdini em seu famoso livro “As Armas da Persuasão”

Veja o vídeo abaixo e preste atenção no gatilho número 3 ou vá direto para o tempo 03:53:

Essa tendência à imitação que a aprovação social provoca nas pessoas é uma das grandes responsáveis pela perda da singularidade que a sociedade experimenta nestes dias e pela cega convenção do que é “certo” e “bom”.

É por estas e por muitas outras causas parecidas, que uma minoria consegue agir e também pelo mesmo motivo que tantas pessoas se perdem, mesmo em simples questões da vida.

A imitação é um atalho perigoso que pode nos conduzir a um “ponto sem retorno”.

O QUE FAZER PARA SER UMA PESSOA MELHOR COMEÇANDO HOJE

Diante disso, agora vou lhe mostrar 5 ações muito transformadoras, que descrevem exatamente o que fazer para ser uma pessoa melhor e paciente, a começar por este momento em que você está lendo.

AÇÃO 1 – CAIA NA REAL

Moça caindo na real para saber como ser uma pessoa melhor

“Cair na real” é ganhar consciência da sua atual situação de vida, independentemente se ela está boa ou ruim.

Seguindo o método das 5 Chaves você deverá avaliar seu estado atual em cada uma delas.

As perguntas abaixo de cada uma das chaves funcionarão como uma lista de verificação, um “checklist” para orientar sua mudança de vida, como se fosse um auto teste de como ser uma pessoa melhor.

Responda-as para si mesmo (a):

SEU DINHEIRO

Você sabe como economizar dinheiro?

Tem um método para isso?

Quanto você tem poupado por mês?

Você poupa disciplinadamente todos os meses?

Você sabe investir seu dinheiro?

Quais investimentos você conhece bem em detalhes (regras, custos, riscos, potencial)?

SEU TEMPO

Quanto tempo livre você tem atualmente?

Quanto tempo do seu dia ou semana é investido em conhecimento novo?

Quanto do seu tempo é investido na companhia de pessoas queridas?

Quanto do seu tempo você passa se divertindo?

Quanto tempo você investe na realização de alguma arte?

Quanto tempo você investe pensando sobre si mesmo (a) e/ou meditando?

Quanto do seu tempo diário é investido em cuidados com a sua saúde?

SUA MISSÃO

O que você sente ao falar sobre o seu trabalho ou futuro trabalho, seja ele remunerado ou não?

Você se sente cumprindo uma missão de vida? Se não, você está em busca de descobrir sua missão ou uma atividade que faça sentido para você, independentemente do dinheiro que você pode receber por ela?

Você tem real interesse na sua atividade profissional ou ela é apenas uma fonte de renda?

Você frequentemente tem sucesso na sua atividade profissional ou o sucesso só acontece de vez em quando?

Numa escala de 0 a 10 que nota você dá para o seu gosto pela sua atividade profissional?

Quanto tempo você gastou aprendendo novidades sobre sua atividade profissional nos últimos 6 meses?

Quanto dinheiro você investiu para se atualizar na sua atividade profissional? (Em conhecimento ou equipamentos)

Quais são os seus planos profissionais, que você sente entusiasmo ao falar deles?

SUA SAÚDE

Você pratica atividade física regularmente? Quantas vezes por semana?

Você tem um plano alimentar? Você o segue?

Numa escala de 0 a 10, que nota você dá para a sua disposição atualmente?

Numa escala de 0 a 10, que nota você dá para a qualidade do seu sono?

Você faz exames preventivos conforme o indicado para sua idade atual?

Que quantidade de água você ingere diariamente? Qual o nível de qualidade dessa água?

SUA MENTE

Você gosta da pessoa que você atualmente é? Porque?

Você segue algum método para o seu desenvolvimento pessoal ou mudança de vida?

Você já sabe quais são os seus REAIS objetivos de vida? [ Seja honesto (a) consigo mesmo (a) ]

Você tem seus reais objetivos por escrito?

Você já tem um plano que mostra exatamente o que fazer para alcançar seus objetivos de vida?

Você tem paz interior? Porquê?

Você se sente motivado (a) atualmente?

Você usa sua mente ou se sente usado (a) por ela?

Quem são os seus maiores influenciadores? (Autores, mentores, amigos, familiares, colegas, professores, etc.)

Que nota você dá para a qualidade das pessoas com quem você se relaciona atualmente? (Amigos, colegas => excluindo família)

Que tipo de conteúdo você consome? (Livros, programas de TV ou internet, canais do Youtube, música, áudio). Esse conteúdo tem aproximado você dos seus reais objetivos de vida?

Você age para alcançar seus objetivos ou tem dificuldade de agir?

Numa escala de 0 a 10, que nota você dá para sua persistência para alcançar suas metas?

Você tem algum sentimento negativo por alguém? (Rancor, raiva, ódio, decepção)

Você já se pegou buscando a aprovação das pessoas sobre quem você é, o que pensa, o que faz ou o que pretende para sua vida?

Se eu lhe disser para fazer uma lista completa de motivos pequenos ou grandiosos para agradecer todos os dias, o que entraria nessa lista?

ACHOU ÚTIL?
Se julgar que essas perguntas podem ser úteis para seus familiares ou amigos envie para eles agora mesmo pelo whatsapp ou como preferir.

Basta clicar no botãozinho verde de compartilhamento pelo WhatsApp e escolher para quem deseja enviar.

Se estiver do computador compartilhe pelo facebook ou outra forma que desejar.

AÇÃO 2 – DEFINA SEUS OBJETIVOS E METAS

Casa no horizonte define objetivos e como ser uma pessoa melhor

Como você viu, por várias vezes citei os objetivos de vida no checklist da chave da mente.

O motivo é que eles são a raiz da mudança de vida e mexem muito com a psicologia da automotivação.

Seus objetivos e metas são em essência sua maior motivação, mesmo que você ainda não os tenha definido e mesmo que “as coisas” estejam muito difíceis.

Posso dizer por experiência própria, porque já tive que encarar a aceitação de uma situação de vida extrema e humilde, principalmente no âmbito profissional.

Tudo parecia irreversível no passado.

O que me fez conseguir focar na ação e não nas barreiras?

“Objetivos e metas claros, bem definidos e escritos. ”

Recomendo que você defina seus objetivos pensando principalmente a médio e longo prazos.

Vou te dar alguns exemplos incluindo as metas.

Veja a tabela abaixo:

Planilha de objetivos e metas para saber como ser uma pessoa melhor

Baixe essa tabela para que você possa organizar seus próprios objetivos e metas com total honestidade e clareza.

É só clicar no botão abaixo:

 

Na coluna da esquerda escreva seus objetivos de vida:

Objetivos definidos instruem como ser uma pessoa melhor

Na coluna da direita escreva as metas de cada objetivo:

Metas para ter referência de como ser uma pessoa melhor

Agora para cada objetivo com sua respectiva meta você deverá criar uma nova aba na planilha listando todas as ações e prazos que você precisa realizar para alcançar cada um destes objetivos e metas.

Veja a figura abaixo com um exemplo que criei como modelo nesta mesma planilha:

Plano de ação de como ser uma pessoa melhor

Na coluna “ações” escreva tudo o que você pode fazer para realizar seu objetivo (no exemplo em questão, poupar dinheiro):

Ações definidas de como ser uma pessoa melhor

Na coluna prazo, escreva a data limite em que cada uma das ações deverá ser concluída.

Seja honesto (a) e realista consigo mesmo (a).

Prazos das ações de como ser uma pessoa melhor

Já deixei para você algumas novas abas criadas que você só deve renomear com os dizeres iniciais de cada um dos seus objetivos de vida (para o nome de cada aba não ficar muito grande na planilha).

Abas da planilha de como ser uma pessoa melhor

Crie as demais abas duplicando esse exemplo que criei e renomeie as novas abas com os dizeres iniciais de cada objetivo ou com alguma palavra contida na frase de cada um deles.

Isso irá lhe ajudar a organizar sua planilha e localizar cada grupo de ações relacionadas a cada um dos objetivos.

AÇÃO 3 – TRANSFORME CONTEÚDO EM AÇÃO

Olhar focado em como ser uma pessoa melhor

Em uma das transmissões ao vivo que fiz pelo Facebook mencionei que muitas pessoas estudam, consomem conteúdo de livros, cursos, artigos da internet, vídeos.

Mas esse conteúdo acaba não gerando nenhum efeito prático.

Porque isso acontece?

Porque o conhecimento aprendido fica apenas no plano mental e não se transforma em uma ação prática.

Se você não transformar o que você aprendeu em uma ação, no final das contas nenhuma transformação acontece na sua vida.

Pense da seguinte forma: se você ler um capítulo de um livro, ou mesmo uma dica interessante e legal que esteja num pequeno trecho de uma página, que ação prática você pode fazer para que esse pequeno conteúdo cause uma transformação na sua vida?

Foi assim que passei a agir desde 2005 quando decidi que faria uma grande mudança na minha vida pessoal e profissional.

Por isso eu recomendo que você passe a transformar conteúdos de conhecimento que você aprendeu em ação prática.

Você pode começar agora mesmo com algum conteúdo que você já tenha assimilado, mas que ainda não testou no mundo real.

AÇÃO 4 – DOE ALGO

 Mãos doando para saber como ser uma pessoa melhor

Há muitas pessoas precisando de algo que você pode ter sobrando, algo que você sabe fazer ou algo que você pode fazer.

Em se tratando de como ser uma pessoa melhor, o ato de doação contribui para tornar a vida de alguém, nem que seja um pouco melhor e aciona um ciclo de prosperidade e reciprocidade.

Eu aprendi muito isso especialmente numa fase da vida em que tive que lutar contra meus próprios pensamentos para sair da inércia.

E também aprendi uma lição importante que faço questão de ressaltar:

Doe para pessoas que precisam, que se interessam ou que mereçam muito receber sua doação.

Cuidado com as simulações de necessidade, tanto de pessoas (notícia aqui e mais uma aqui) quanto de instituições que se dizem filantrópicas (o Brasil está cheio delas).

AÇÃO 5 – DESCARTE OS EXCESSOS DA SUA VIDA

Ambiente sem excessos expressa como ser uma pessoa melhor

Desde 2012 venho aprendendo bastante sobre minimalismo.

Esse termo nasceu no século XX, em uma série de movimentos artísticos, culturais e científicos (veja definição original aqui).

Falando de forma simples minimalismo é realizar qualquer coisa com o mínimo necessário.

Por exemplo, se você for construir uma casa minimalista, ela não terá muitos adornos, muitas janelas, muitos móveis.

Ela será uma casa básica, o que não quer dizer que ela não seja bonita, agradável e aconchegante.

Isso é minimalismo.

Depois que descobri essa filosofia adotei um mantra para tomar a maior parte de minhas decisões:

O que agrega adoto; o que for excesso descarto.

Em uma de minhas postagens publiquei a entrevista com a blogueira Fernanda Moretzsohn do Mala Enxuta, que é uma grande especialista no assunto (veja entrevista aqui).

Nessa entrevista conversamos sobre minimalismo e essencialismo e sobre o impacto positivo que estes conceitos podem trazer para a vida.

Desde crianças aprendemos a valorizar demais as coisas, as compras, o sempre mais, o muito mais.

Nunca está bom.

Vivemos alienados, num eterno “loop” de insatisfação, que com o tempo pode levar à desorientação.

Você certamente já ouviu alguma história de alguém tem uma vida financeira repleta, mas uma pobre vida existencial.

A verdade é que todas as coisas que você tem, também têm você.

Declaro que não sou contra o pensamento da abundância.

Talvez você goste de ter muitas coisas, coleções, artigos de luxo e outros.

A questão não é descartar o que você tem.

É descartar o que não é necessário, a bagagem extra que você percebe que está fazendo a função de manter você aprisionado (a).

É viver com o que for realmente crucial e valioso para você.

Isso vale não só para coisas, mas também para crenças, sentimentos, pensamentos, processos, enfim, tudo o que for excesso que nada de bom traz.

É claro que isso varia de pessoa para pessoa.

Considere o seu caso.

CONCLUSÃO

Bola de cristal expressa o futuro e como ser uma pessoa melhor

Para se engajar em como ser uma pessoa melhor o que você tem que fazer é começar agora.

Essa é a mensagem de encerramento que você precisa compreender.

Com base em minha própria experiência e na experiência de pessoas que já orientei acredito que você se dará bem e verá resultado se começar a realizar as 5 ações que expliquei.

Não deixe de responder ao checklist das 5 chaves da ação 1, pois é a base do autoconhecimento e da mudança que você pode promover para si mesmo (a).

Vou ficando por aqui.

Agora é com você.

Se tiver dúvidas poste nos comentários e fique ligado (a) no blog e também no nosso canal do YouTube.

Sucesso!

4 Comentários


  1. Caro Daniel,

    Seu post está fantástico! Repleto de dicas, reflexões e orientações para o nosso aprimoramento pessoal. Agradeço a menção à minha pessoa e às filosofias (essencialismo / minimalismo) de conduzir a vida, das quais sou realmente fã e seguidora.

    Com certeza seu post poderá ajudar muitas pessoas que buscam vencer na vida!

    Um forte abraço!

    Responder
    1. Daniel Bizon

      Olá Fernanda Moretzsohn! Satisfação em ver seu comentário aqui. Sua entrevista foi muito bacana e enriqueceu minha abordagem! Você é uma grande especialista e certamente está contribuindo para que muitas pessoas vivam melhor. Eu mesmo sou testemunha ocular disso. Um grande abraço e até a próxima entrevista!

      Responder

  2. Sobre a matrix, foi a melhor colocação que já vi sobre o assunto!!! O que devemos procurar fazer é construir o nosso mundo de maneira que a matrix não influencie diretamente nossas escolhas, que saibamos pensar literalmente por nós mesmos e não presos a crenças do que é certo e errado. Mudando o nosso mundo para melhor sem querer acabamos mudando o mundo das pessoas ao nosso redor, mudanças internas acabam impactanto também no externo. As mudanças que queremos para o mundo devem ser primeiro feitas em nós mesmos.

    Parabéns excelente texto!!!!

    Tenho aprendido muitas coisas através dos textos e vídeos aqui do site!!! E a cada dia tenho buscado auto-conhecimento com menos medo do que ontem!!!

    Responder
    1. Daniel Bizon

      Olá Daiane! Primeiro muito grato pelo comentário aqui no blog. De fato, a construção do nosso próprio mundo interno passa pelo escape das garras da “matrix” e afeta positivamente o mundo externo e as pessoas que estão à nossa volta. É muito importante construir seu sistema de crenças especialmente ancorados nos seus reais objetivos de vida. Por isso toco tanto nesse ponto aqui nos conteúdos do blog. Fico feliz que esteja aprendendo e buscando o autoconhecimento com a eliminação do medo em conjunto. Seja sempre bem vinda. Saudações!

      Responder

Dúvidas? Pergunte! Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *